quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Maranhão do Sul












Somos todos mesmo um bando de marionetes,e o pior de tudo é a perpetuação através do tempo sendo do atraso intelectual de toda uma geração. agora somos motivados de que esta herança cultural de um povo sofrido será resolvida com a criação de um "novo" Estado. 


Cada vez que vejo ou leio sobre esta matéria penso na separação de um casal de pobres cujo único bem é um pote d'agua velho, o que irão ou querem fazer estas pessoas? dividir o pote velho e cada um ficar com uma parte imprestável? penso que o mais sensato seria mudar realmente de vez o pensamento coletivo, investir e incentivar que novos empreendedores realmente interessados em desenvolver a região viessem para o Estado. 


Parece também que a comparação com o Estado do Tocantins não é justa, afinal as bandas de lá do rio do Tocantins sempre tiveram Homens dispostos a retirar da terra em que vivem o seus sustento com o trabalho, percorro estas bandas e dificilmente vejo áreas rurais sem qualquer tipo de produção rural,no Maranhão por suas vez as grandes áreas rurais muitas das quais tomadas à força através do processo de grilagem quando já não tiveram toda sua fauna e flora (madeira de Lei)devastada já fora usurpada e deixada de lado,imprestável a qualquer cultura.


Assim como na região central do estado,não são poucas as áreas rurais do Sul do Estado que estão entregues ao abandono, formando fileiras de retirantes que cada vez mais incham as zonas periféricas das grandes,médias e até pequenas cidades como Carolina, pessoas sem nenhuma informação ou instrução servindo de fantoches a grupos políticos e às novas oligarquias Maranhenses.


Kombi Branca...




Tosco? só um pouco. a Kombi merecia coisa melhor depois de trabalhar tanto por este País afora.

Apagão



Eis o motivo do apagão no Brasil.

Tem Medo? Se tiver não assista...




boa..