quinta-feira, 20 de setembro de 2007


Parlamentar UF Voto


Gastão Vieira--------------------MA----------------------- Sim

Pedro Novais--------------------MA----------------------- Sim

Professor Setim----------------MA----------------------- Sim

Waldir Maranhão--------------MA----------------------- Sim

Cleber Verde--------------------MA----------------------- Sim

Ribamar Alves------------------MA----------------------- Sim

Domingos Dutra---------------MA----------------------- Sim

Pedro Fernandes -------------MA----------------------- Sim

Sarney Filho--------------------MA------------------------- Sim

quarta-feira, 19 de setembro de 2007












UHE-ESTREITO





DadosTécnicos

Localização:
Rio Tocantins, sub-bacia do Tocantins, Bacia Amazônica
Distância da foz: 855 Km
Município margem direita: Estreito (MA)
Município margem esquerda: Aguiarnópolis (TO) e Palmeiras do Tocantins (TO)

Reservatório
Extensão: 260,23 km
Capacidade: 5.400 x 10
N.A.de montante: 156 m
N.A. de jusante: 134 m
Áreas inundadas: 400 km²
Vida útil: mais do que 100 anos
Municípios atingidos: Estreito e Carolina (MA)
Aguiarnópolis, Babaçulândia, Barra do Ouro, Darcinópolis, Filadélfia, Goiatins, Itapiratins, Palmeirante, Palmeiras do Tocantins, Tupirantins (TO)

Barragem
Tipo de estrutura / Material: Terra / Enrocamento
Comprimento total da crista: 848 m
Altura máxima: 40 m

Sistema extravasor
Tipo: Vertedouro de superfície
Vazão do projeto: 64.990 m³/s
Comprimento total da soleira: 402,50 m
Número de vãos: 16
Comportas: tipo segmento
Largura das comportas: 20 m
Altura das comportas: 21 m

Sistema Adutor
Tomada de água: tipo gravidade
Comportas: tipo ensecadeira
Largura das comportas: 7,70 m
Altura das comportas: 16,30 m

Energia
Potência da usina: 1.087 MW
Energia Firme: 584,9 MW médios
Queda bruta máxima: 22 m

Miséria no Maranhão



Miséria e má alimentação deixam 33 mortos no Maranhão


Síndrome neurológica causada pela falta de vitamina B1 já deixou outras 123 pessoas internadas em um dos Estados mais pobres do país

Síndrome neurológica causada pela falta de vitamina B1 já deixou outras 123 pessoas internadas em um dos Estados mais pobres do país

Gisele Barbieri,
> de Brasília

A desnutrição em decorrência da falta da vitamina B1 é a causa da síndrome neurológica responsável por uma série de mortes, desde janeiro deste ano, no Maranhão. O diagnóstico preliminar foi confirmado por uma equipe do Ministério da Saúde que esteve no Estado recentemente. A síndrome já vitimou 33 pessoas e outras 123 estão internadas com os mesmos sintomas. Em sua maioria são homens, trabalhadores rurais. A vitamina B1 é encontrada principalmente em cereais integrais, legumes, ovos e leite.
>
Segundo a Secretaria de Saúde do município maranhense de Imperatriz, há muitos casos também de contato das vitimas com agrotóxicos nas lavouras e ingestão de bebida alcoólica, o que baixa a imunidade do paciente e acelera o processo de evolução da doença. De acordo o médico Ronaldo Alencar, diretor do Hospital Municipal de Imperatriz, o maior da região e que está atendendo a todos os casos da doença, "a desnutrição é reflexo da miséria em que vive grande parte dos habitantes dos municípios maranhenses. Eles não possuem condições de comprar uma alimentação adequada e esta má alimentação agrava o problema", explica Ronaldo. O médico Ronaldo Alencar afirma ainda que muitas pessoas morrem também pela dificuldade de acesso ao hospital.

"Tem regiões do nosso estado que são muito longe de Imperatriz, 400 Km distante e estrada de chão. Essas pessoas demoram dias para chegar até aqui em Imperatriz, então esse público que tem registrado óbito e a gente não consegue atendimento imediato."

O Maranhão é considerado um dos Estados mais pobres do país. Segundo o Ministério da Saúde, grande parte dos habitantes não tem acesso a saneamento básico. Na área rural, apenas 15,4% da população conta com esgoto sanitário. A capital maranhense, São Luís, está entre as dez cidades brasileiras com maior índice de crianças desnutridas, com taxas próximas a 36%. (Agência Notícias do Planalto

Fonte: www.brasildefato.com.br


Talvez haja alguma obra da Gautama,esperando ser liberada, que pudesse ajudar ao Maranhão encontrar seu rumo...

Veja e aprenda

Olha aí uma brasília 76 novinha novinha,sem um
amassadinho sequer...se ele soubesse...

Mais uma...ele só pensa mesmo no umbigo dele

"pusquê nunca na istoria dessi país"




"Ninguém governa sem a CPMF" (Lula)

Em campanha aberta pela manutenção da cobrança da CPMF, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desafiou nesta quarta-feira a oposição a abrir mão da receita arrecada com o imposto do cheque caso venha a comandar o país. Em discurso proferido por ocasião do lançamento de um programa para a área da Saúde, Lula declarou que "qualquer pessoa de juízo nesse país, a não ser aqueles que querem inviabilizar o Brasil, sabem que nem o governo Lula, nem o governo de qualquer outro ser humano poderia abrir mão da CPMF, nesse instante, nesse país"

Fonte: Veja online


É verdade, com tanta coisa "pá fazê" só mesmo achacando o povo brasileiro....

E tome impostos!!!!!!!!!!!!!!!!!!




Quase que o peru Dança....



Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

Peru

'Meteorito' faz cidade andina passar mal há três dias
19 de Setembro de 2007 | 08:48

Centenas de pessoas receberam tratamento médico desde o fim de semana numa pequena cidade do Peru, onde um objeto vindo do espaço -- supostamente um meteorito -- abriu uma grande cratera no solo. Os moradores de Carancas, nos Andes, reclamam de dores de cabeça, vômitos e náusea. Segundo eles, há gases tóxicos na cratera.

"Muitas pessoas continuam passando mal", disse o prefeito Nestor Quispe. "Elas têm dores, problemas nos olhos, irritação na pele e enjôos", contou. "Também há grande temor psicológico na comunidade." Um morador, Romulo Quispe, afirmou que a população não consome mais a água da região, porque teme que ela esteja contaminada.

Especialistas ouvidos pela rede BBC, porém, afirmam ter dúvidas sobre a versão dos moradores. Não há consenso nem mesmo sobre a origem da cratera -- para alguns, o buraco pode não ter sido causado por um meteorito, mas sim por algum outro objeto. Os moradores afirmam ter visto uma bola de fogo caindo do céu na noite de sábado.

O objeto caiu numa região isolada, abrindo uma cratera de 30 metros de diâmetro e 6 metros de profundidade. Autoridades locais dizem que há gases tóxicos e mau cheiro saindo do buraco. Uma equipe de cientistas está a caminho do local para colher amostras do solo e tentar descobrir o que ocorreu. A população é mantida longe do local.

fonte: vejaonline


Aha... mas não vão dizer mesmo!!!!!!!!!!